Arsenal recebe este ano mais três navios de Marrocos

Segundo contrato com a Marinha de Marrocos, a executar este ano, vai permitir um encaixe próximo dos dois milhões de euros.

Os estaleiros do Alfeite assinaram um segundo contrato para reparação e manutenção de navios militares de Marrocos, num negócio próximo dos dois milhões de euros e a concretizar ao longo deste ano.

A presidente do Arsenal do Alfeite, Andreia Ventura, fechou o novo contrato há cerca de 15 dias na visita a Marrocos e disse ao DN que ele traduz "a confiança [marroquina] no trabalho e cumprimento de prazos" do estaleiro português.

Dois dos navios são patrulhas oceânicos, o Charkaoui e o Maaninou, com 64 metros de comprimentos, O terceiro é de apoio logístico, o Dakla, que esteve em 2012 no Arsenal e no âmbito do primeiro contrato.

O primeiro navio tem chegada prevista ao Arsenal no fim de março, o segundo no verão e o último no último trimestre deste ano, segundo o planeamento acordado com a Marinha marroquina.

Os trabalhos de reparação e manutenção envolvem a docagem dos navios em seco para limpeza e pintura dos cascos, além de outras ações no seu interior, explicou uma outra fonte dos estaleiros.

Andreia Ventura sublinhou ainda que "um sinal muito positivo dado" pelos responsáveis marroquinos foi o de considerarem o Arsenal "como um dos estaleiros privilegiados" para receber os seus navios.

Exemplo disso é a inspeção já realizada por técnicos do Arsenal a outros navios de patrulha oceânica (gémeos de um recebido no Alfeite ao abrigo do primeiro contrato) para a sua revisão geral e que, a avançar, permitirá um encaixe financeiro na casa dos oito milhões de euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG