Governo decreta luto nacional de três dias. Costa não estará no funeral

Primeiro-ministro enviou os sentimentos à família a partir de Nova Delhi

O primeiro-ministro António Costa lamentou, em Nova Deli, a morte de Mário Soares, que durante "toda a sua vida se bateu pela liberdade". A sua perda "é insubstituível" e deixa "uma eterna saudade", disse António Costa, anunciando um luto nacional de três dias, a partir de segunda-feira, e o funeral com honras de Estado.

O primeiro-ministro português que se encontra em visita de Estado à Índia até à próxima quinta-feira, dia 12, afirmou que não vai cancelar a visita.

"Estando em visita de Estado, não poderei estar pessoalmente presente, mas envio ao João, a Isabel, filhos de Mário Soares, e aos netos, envio daqui um grande abraço e uma saudade que, para mim, será sempre eterna", declarou o líder do executivo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG