Alberto João Jardim: "Dei tudo o que podia e sabia à política"

Ex-líder madeirense garante que quer "gozar" a reforma

O antigo presidente do governo regional da Madeira, Alberto João Jardim, afastou definitivamente a hipótese de um regresso à vida política ativa, nomeadamente através de uma candidatura à liderança do PSD, defendendo que pretende gozar a reforma tranquilamente.

"Dei tudo o que podia e sabia à política. Com 74 anos, deixe-me gozar o que me resta da vida", disse esta tarde aos jornalistas, antes da apresentação do seu livro de memórias políticas, "Relatório de combate". Além disso, acrescentou, "quando se sai [da política], tornar a entrar estraga tudo".

Alberto João Jardim liderou o governo regional da Madeira durante 37 anos, vencendo dez eleições".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG