Adjunto de Costa apresenta-se como licenciado mas pode não ter terminado o curso

Rui Lizardo Roque diz que dados constantes na nota curricular de nomeação baseiam-se nas informações prestadas pela Faculdade

Rui Lizardo Roque, adjunto de António Costa, frequentou o curso de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Coimbra, mas nunca o terminou, avança hoje o Observador. De acordo com o site, o adjunto dos Assuntos Regionais do primeiro-ministro é apresentado como "licenciado" no despacho de nomeação publicado no Diário da República, mas nunca terminou a licenciatura.

"Os dados constantes na minha nota curricular de nomeação baseiam-se nas informações prestadas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra datadas de outubro de 2009", afirmou Rui Roque ao Observador quando confrontado com o caso.

O adjunto de Costa disse ainda que, no seguimento das questões levantadas pelo site, solicitou mais esclarecimentos à universidade. "Como ainda não obtive resposta, nada mais tenho a acrescentar", rematou.

O Observador avança que não há registo no sistema informático da faculdade de que Rui Roque tenha terminado a licenciatura ou pedido as equivalências de Bolonha.

De acordo com a mesma fonte, Rui Lizardo Roque foi nomeado adjunto para os Assuntos Regionais em janeiro de 2016 e ganha 3.512,42 euros brutos, segundo o portal do Governo, o que corresponde a 2.083,39 euros líquidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG