2016 está a ser bom, mas 2017 vai ser ainda melhor

Expetativas dos portugueses

A avaliação da situação económica e social, e da esperança (ou falta dela) para 2017, demonstra que existe uma recuperação da confiança na economia e no futuro.

Já perto do final do ano, e quando questionados sobre se 2016 está a ser melhor, pior ou igual a 2015, 55% dos inquiridos afirma que este ano está a ser melhor do que o ano passado. Para 32% dos entrevistados, a situação económica e social do país está igual na comparação com 2015, ou seja, não melhorou mas também não piorou. Nesta pergunta, apenas 10% dos inquiridos afirmam que a situação está pior do que no ano passado, enquanto 3% recusam responder.

Na avaliação da confiança em relação ao futuro há sinais de algum otimismo. Olhando para 2017, uma maioria de inquiridos - 44% - afirmam que o próximo ano vai ser melhor "para a generalidade dos portugueses". 33% dos entrevistados não esperam qualquer evolução na situação económica e social durante o próximo ano, e dizem que 2017 vai ser igual a 2016, enquanto 10% (a mesma percentagem que não viu melhorias entre 2015 e 2016) confessam o pessimismo e afirmam que o próximo ano vai ser pior. 13% optam por não responder a esta pergunta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG