PM recebe UGT e destaca "relevância da concertação social" e empenho na valorização do trabalho

António Costa afirmou que ficou concluída a fase da Agenda do Trabalho Digno e que se começou a trabalhar na valorização dos trabalhadores da Administração Pública.

O primeiro-ministro destacou esta sexta-feira a "relevância da concertação social" e o trabalho que o Governo está a desenvolver com os parceiros sociais na valorização dos trabalhadores da Administração Pública após receber a UGT em S. Bento.

"Recebi os representantes dos novos órgãos sociais da UGT_Portugal, a quem felicito pelas novas funções. Sublinhei a relevância da concertação social e do muito trabalho que temos de prosseguir", escreveu António Costa na sua conta oficial do Twitter após receber em S. Bento a direção recentemente eleita da central sindical.

Noutras duas publicações no Twitter, o chefe do executivo sublinhou o trabalho para a valorização dos trabalhadores públicos e para reforçar o papel da negociação coletiva.

"Concluída esta fase da Agenda do Trabalho Digno, estamos agora a trabalhar em conjunto na valorização dos trabalhadores da Administração Pública, na semana de 4 dias e no acordo de rendimentos e competitividade. Continuamos determinados em prosseguir o diálogo social e em reforçar o papel da negociação coletiva. Por mais e melhor crescimento e pela valorização do trabalho", acrescentou António Costa.

A UGT elegeu no início de maio os 10 membros do seu secretariado executivo secretariado e os quatro secretários-gerais adjuntos que vão coadjuvar o novo secretário-geral, Mário Mourão, nos próximos quatro anos.

Mário Mourão é presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal (SBN), ex-Sindicato dos Bancários do Norte, desde 2005, e é desde novembro secretário-geral da Tendência Sindical Socialista (TSS).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG