Pedro Pessoa e Costa é o novo embaixador de Portugal na Noruega

O diplomata esteve a representar o país em Luanda nos últimos dois anos.

Pedro Pessoa e Costa é o novo embaixador de Portugal na Noruega. O DN sabe que será esta a nova colocação do diplomata.

Depois do Panamá e de Angola, o diplomata foi nomeado para representar o país em Oslo, substituindo António Quinteiro Nobre, que desde setembro de 2017 ocupava aquelas funções.

Antes de ser escolhido para abrir a representação oficial portuguesa na Cidade do Panamá, em 2015, o embaixador Pessoa e Costa, cujo mote "Nós, portugueses, não somos bons; somos muito bons!", tem espalhado pelo mundo, foi administrador da AICEP, o organismo público encarregue de dinamizar o investimento estrangeiro em Portugal e as exportações para os mercados externos.

Na carreira diplomática desde 1988, Pedro Pessoa e Costa dizia, em entrevista ao DN no ano passado (que pode recuperar aqui) que já pouco o surpreende, mas continua a entusiasmar-se com as descobertas culturais e de contexto que enriquecem a sua missão sempre que imerge numa nova realidade e ali deixa um pouco de Portugal. E também acrescenta em si um pouco do que experimenta em cada local para onde é destacado. "No Panamá, tornei-me um grande defensor do café Gueisha", uma variedade de qualidade extraordinária graças à riqueza do sabor e à textura, que tem ganho adeptos por todo o mundo, chegando a atingir a módica quantia de 600 euros por quilo, contava ao DN.

De Angola traz certamente riquíssimas experiências acrescentadas ao conhecimento do continente africano, onde nasceu - na Beira, Moçambique.

Pedro Pessoa e Costa licenciou-se em Direito no ano do atual primeiro-ministro, António Costa, mas pouco trabalho de jurista fez. Pós-graduou-se em Estudos Europeus na Católica e desempenhou vários cargos de adjunto nos governos de Cavaco Silva e ingressou nos Negócios Estrangeiros logo em 1988, tendo estado destacado em vários países de África, Europa e América Latina.

Regressa agora ao continente europeu, onde irá entregar as credenciais em breve para devidamente representar o país no Reino da Noruega.

Saiba mais sobre o diplomata aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG