Jerónimo de Sousa vai ser operado de urgência esta quarta-feira. Falha 10 dias da campanha eleitoral

O secretário-geral do PCP vai ser operado de urgência a uma estenose da carótida. Vai ser substituído nas ações da campanha para as eleições legislativas por João Oliveira e João Ferreira.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, vai ser operado na quarta-feira de urgência a uma estenose da carótida e vai falhar 10 dias da campanha para as eleições legislativas, marcadas para dia 30, avança a SIC Notícias.

Jerónimo de Sousa, de 74 anos, vai ser substituído nas ações da campanha eleitoral por João Oliveira e João Ferreira.

De acordo com um comunicado divulgado pelo partido, "no seguimento de exames médicos e de uma avaliação clínica multidisciplinar foi apurada a necessidade de Jerónimo de Sousa ser submetido a uma intervenção cirúrgica urgente da estenose carotídea (à carótida interna esquerda), que não pode ser adiada para depois das eleições".

No debate com Rui Rio, presidente do PSD, marcado para quarta-feira e transmitido na SIC, será João Oliveira a substituir o secretário-geral do PCP, faz saber a estação de Carnaxide. João Oliveira também estará no debate com todos os líderes de partidos com representação parlamentar, na RTP, no dia 17 de janeiro, confirmou o PCP à Lusa.

O PCP confirmou à Lusa que o líder parlamentar do partido, João Oliveira, vai participar no debate de quarta-feira, com o presidente do PSD, Rui Rio, transmitido na SIC, e no debate com todos os líderes de partidos com representação parlamentar, na RTP, dia 17 de janeiro.

Na nota divulgada, o PCP indica que o seu líder vai ser internado na quarta-feira e prevê que "retome no final da próxima semana a sua intervenção política, nomeadamente na campanha eleitoral em curso para a Assembleia da República".

"Durante os dias de internamento e recuperação, mantém-se a agenda com as ações de campanha programadas para o secretário-geral, nas quais a partir de amanhã e durante este período será substituído pelos camaradas João Ferreira e João Oliveira, membros da Comissão Política e candidatos à Assembleia da República", acrescenta.

João Oliveira é o líder parlamentar do PCP. João Ferreira deixou o cargo de eurodeputado em julho de 2021 para se dedicar à candidatura autárquica em Lisboa. Foi candidato a Presidente da República no ano passado e é atualmente vereador na Câmara Municipal de Lisboa.

Tanto João Ferreira como João Oliveira integram a Comissão Política do Comité Central do PCP.

O partido referiu ainda que "face à necessidade de encurtamento da agenda" de Jerónimo de Sousa, o dirigente comunista apenas vai estar presente esta terça-feira no encontro com elementos das organizações representativas dos trabalhadores, em Matosinhos, às 15:00.

As restantes iniciativas previstas para o dia de hoje, nomeadamente um encontro com intelectuais e elementos da Cultura, no Porto, ao final da tarde, e uma sessão pública em Vila Nova de Gaia, às 21:30, realizar-se-ão com as participações de Diana Ferreira, cabeça de lista da CDU pelo círculo eleitoral do Porto, e Jaime Toga, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP.

O que é uma estenose carotídea?

O secretário-geral do PCP vai ser operado a uma estenose carotídea, uma doença que acontece quando existe um estreitamento ou "um aperto" nas artérias caróticas, normalmente provocado por "acumulação de placas de gordura" - é mais frequentemente na carótida interna -, o que impede o normal fluxo sanguíneo, explica a médica Joana Ferreira, especialista em cirurgia vascular, citada pela SIC Notícias.

As artérias carótidas localizam-se no lado direito e esquerdo do pescoço e dividem-se em carótida interna e carótida externa. De acordo com a especialista, a cirurgia acontece em casos em que "o aperto é muito grande, é superior a 70%" ou quando é inferior, mas"há queixas dos doentes ou sintomas de AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou AIT (Ataque Isquémico Transitório)".

Marcelo falou com Jerónimo de Sousa e deseja-lhe rápida recuperação

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou por telefone com o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, após saber que será submetido a uma intervenção cirúrgica urgente, e deseja-lhe rápida recuperação.

"Ao tomar conhecimento da intervenção cirúrgica urgente a que Jerónimo de Sousa terá de se submeter, o Presidente da República falou telefonicamente com o secretário-geral do Partido Comunista Português, desejando que tudo corra bem e que possa ter uma rápida e boa recuperação, regressando logo que possível à sua importante atividade política e partidária", lê-se numa nota publicada no sítio oficial da Presidência da República na Internet.

Esta nota foi publicada menos de meia hora depois de o PCP ter divulgado que Jerónimo de Sousa vai ser submetido a uma intervenção cirúrgica urgente na quarta-feira e irá falhar a campanha das eleições legislativas enquanto estiver a recuperar.

"É um momento triste para a campanha eleitoral", refere António Costa

"Queria desejar as melhoras e uma pronta recuperação a Jerónimo de Sousa. Obviamente é um momento triste para a campanha eleitoral quando um líder de um partido importante como o PCP por razões de saúde está impedido de prosseguir a campanha", referiu o primeiro-ministro, António Costa, à margem de uma iniciativa com a confederação do turismo.

O chefe do Governo enviou uma mensagem ao secretário-geral do PCP, mas aproveitou para enviar "um abraço" a Jerónimo de Sousa, desejando-lhe uma rápida recuperação "Que possamos voltar a contar rapidamente com a sua colaboração ativa, a sua energia para a vida política nacional", disse aos jornalistas.

Também a coordenadora do BE, Catarina Martins, desejou uma "rápida recuperação" ao secretário-geral do PCP.

"Desejo uma rápida recuperação a Jerónimo de Sousa. Espero vê-lo em breve na campanha", escreveu Catarina Martins na sua página oficial da rede social Twitter.

Notícia atualizada às 12:34

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG