António Costa defende que a igualdade deve ser uma causa de todos os dias

O chefe do Governo salienta que as mulheres têm sido mais afetadas pelos impactos sociais e económicos no atual contexto de pandemia de covid-19.​​​​

O primeiro-ministro, António Costa, considerou esta segunda-feira, no Dia Internacional da Mulher, que promover a igualdade deve ser uma causa de todos, todos os dias.

Numa mensagem divulgada na rede social Twitter, o chefe do Governo salienta que no atual contexto de pandemia de covid-19, as mulheres têm sido mais afetadas pelos impactos sociais e económicos.

"Temos registado progressos na diminuição das desigualdades de género, mas não podemos abrandar", destacou António Costa.

O Dia Internacional da Mulher é comemorado esta segunda-feira em todo o mundo.

Apesar de ser comemorado desde 1909, o Dia Internacional da Mulher só foi proclamado oficialmente pelas Nações Unidas em 1975. E apenas em 1979 foi aprovada a Convenção para a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG