38 deputados na lista de vacinação. PS e PSD não disseram quem vacinar

Parlamento definiu um grupo de 50 deputados prioritários na vacinação. A presidência da AR pediu aos grupos parlamentares para indicaram os nomes até sexta-feira depois do plenário. O Bloco, o PAN, Iniciativa Liberal e Chega não quiseram integrar a lista. O PS e o PSD nada fizeram. Agora, 12 sociais-democratas prescindiram da vacinação.

O presidente, os vice-presidentes, os membros da Mesa, presidentes das comissões parlamentares, membros da Comissão Permanente - a Assembleia da República definiu uma lista de 50 deputados para entrar na segunda fase do plano de vacinação contra a Covid-19, que prevê a inclusão de titulares de órgãos de soberania e decisores políticos nos grupos prioritários que começam a ser vacinados na próxima semana.

A lista consta de uma carta enviada sexta-feira à noite ao primeiro-ministro pelo presidente da Assembleia da República, a que o DN teve acesso, na qual Eduardo Ferro Rodrigues faz questão de sublinhar que esta não foi uma decisão individual enquanto presidente da Assembleia e que a questão foi colocada aos "Membros da Mesa da Assembleia da República, aos Presidentes dos Grupos Parlamentares, aos Deputados Únicos Representantes de Partido e às Deputadas Não Inscritas", dado que "decisões como esta a todos devem implicar e responsabilizar".

Ferro Rodrigues escreve que a priorização dos deputados foi feita de acordo com as precedências estabelecidas na lei do protocolo do Estado e tendo em conta as "funções que exercem na organização interna do Parlamento, os quais permitem garantir o regular funcionamento da Assembleia da República no quadro pandémico que atravessamos".

Ferro Rodrigues reuniu antes com os grupos parlamentares em conferência de líderes, onde explicou os critérios que iria seguir. Mas, sublinhou que a decisão final ficaria a cargo dos partidos, que tinham até sexta-feira após o plenário para indicarem ou excluírem nomes.

O BE, PAN, Iniciativa Liberal, o Chega e a deputada não inscrita Cristina Rodrigues recusaram integrar a lista. O PCP indicou dois nomes (António Filipe, vice-presidente da AR, e Ana Mesquita, secretária da mesa, deixando de fora ​​​​​​​o líder parlamentar, João Oliveira, que também teria direito) o CDS e o PEV indicaram um deputado cada (os líderes parlamentares, respetivamente Telmo Correia e José Luís Ferreira), também a deputada Joacine Katar Moreira quis ser vacinada. O PS e o PSD não informaram o gabinete de Ferro Rodrigues de qualquer posição, seguindo-se nestas duas bancadas o critério de protocolo de Estado. Hoje, o presidente da AR ficou surpreendido com a reação dos deputados sociais-democratas.

O DN contactou a assessoria do grupo parlamentar do PS, que reencaminhou para a presidência da AR, subentendendo-se que concordaram com os seus critérios.

A assessoria do PSD respondeu que "não há nada de estranho", limitaram-se a analisar a lista enviada para o primeiro-ministro e um grupo de deputados não a quis integrar. "Só clarificámos a situação. Todos têm liberdade para integrar ou não a lista", justifica.

50 deputados iniciais

A lista de 50 nomes não inclui parlamentares do Bloco de Esquerda e do PAN que integram os órgãos abrangidos, que prescindiram da vacina nesta segunda fase. João Paulo Cotrim, da Iniciativa Liberal, e André Ventura, do Chega, também recusaram a precedência. Tal como a deputada não inscrita Cristina Rodrigues.

O PS tem 26 nomes incluídos (além do Presidente da Assembleia, Ferro Rodrigues), entre vice-presidentes, membros da mesa, presidentes de comissões parlamentares e membros da Comissão Permanente.

O PSD tem 18 nomes incluídos na lista inicial, mas 12 deputados do partido, nos quais se inclui o presidente, Rui Rio, vieram este sábado afirmar que prescindem da vacina, entendendo que "com este enquadramento, não devem ser vacinados".

Os titulares de órgãos de soberania, deputados, membros dos órgãos das regiões autónomas e presidentes de câmara (enquanto responsáveis da proteção civil) começam a ser vacinados na próxima semana.

Eis os 50 deputados que integram a lista definida pela Assembleia da República, entretanto reduzida a 38 face ao anúncio dos 12 deputados sociais-democratas:

Eduardo Ferro Rodrigues - Presidente da Assembleia da República

Rui Rio (PSD) - Presidente do maior partido da oposição (recusou, entretanto, entrar nesta lista prioritária)

Edite Estrela (PS) - Vice-Presidente da Assembleia da República

António Filipe (PCP) - Vice-Presidente da Assembleia da República

Ana Catarina Mendes (PS) - Presidente de Grupo Parlamentar

Adão Silva (PSD) - Presidente de Grupo Parlamentar (recusou entrar na lista prioritário)

Telmo Correia (CDS) - Presidente de Grupo Parlamentar

José Luís Ferreira (PEV) - Presidente de Grupo Parlamentar

Joacine Katar Moreira - Deputada Não Inscrita

Luís Marques Guedes (PSD) - Presidente de Comissão Parlamentar (recusou integrar a lista)

Sérgio Sousa Pinto (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Marcos Perestrello (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Luís Capoulas Santos (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Filipe Neto Brandão (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

António Topa (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Pedro do Carmo (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Firmino Marques (PSD) - Presidente de Comissão Parlamentar (recusou integrar a lista)

Maria Antónia Almeida Santos (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Pedro Roque (PSD) - Presidente de Comissão Parlamentar (recusou integrar a lista)

Ana Paula Vitorino (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Fernando Ruas (PSD) - Presidente de Comissão Parlamentar

Jorge Lacão (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Paulo Rios de Oliveira (PSD) - Presidente de Comissão Parlamentar (recusou integrar a lista)

Luís Moreira Testa (PS) - Presidente de Comissão Parlamentar

Eurídice Pereira (PS)- Presidente do Conselho de Administração

José Silvano (PSD) - Membro do Conselho de Administração (recusou integrar a lista)

Maria da Luz Rosinha (PS) - Secretária da Mesa

Duarte Pacheco (PSD) - Secretário da Mesa

Ana Mesquita (PCP) - Secretária da Mesa

Diogo Leão (PS) - Vice-Secretário da Mesa

Sofia Araújo (PS) - Vice-Secretária da Mesa

Helga Correia (PSD) - Vice-Secretária da Mesa (recusou integrar a lista)

Lina Lopes (PSD) - Vice-Secretária da Mesa

Carlos Pereira (PS) - Membro da Comissão Permanente

Constança Urbano de Sousa (PS) - Membro da Comissão Permanente

Hortense Martins (PS) - Membro da Comissão Permanente

Hugo Pires (PS) - Membro da Comissão Permanente

João Paulo Correia (PS) - Membro da Comissão Permanente

José Luís Carneiro (PS) - Membro da Comissão Permanente

Lara Martinho (PS) - Membro da Comissão Permanente

Maria Begonha (PS) - Membro da Comissão Permanente

Pedro Delgado Alves (PS) - Membro da Comissão Permanente

Porfírio Silva (PS) - Membro da Comissão Permanente

Afonso Oliveira (PSD) - Membro da Comissão Permanente (recusou integrar a lista)

André Coelho Lima (PSD) - Membro da Comissão Permanente (recusou integrar a lista)

António Maló de Abreu (PSD) - Membro da Comissão Permanente

Carlos Peixoto (PSD) - Membro da Comissão Permanente

Clara Marques Mendes (PSD) - Membro da Comissão Permanente (recusou integrar a lista)

Isabel Meireles (PSD) - Membro da Comissão Permanente

Isaura Morais (PSD) - Membro da Comissão Permanente (recusou integrar a lista)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG