PSD propõe mais férias e prémio de desempenho para trabalhadores do SNS que combatem covid-19

PSD propôs esta quarta-feira mais um dia de férias aos trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde (SNS) por cada 80 horas de trabalho suplementar e um prémio extraordinário de desempenho que pode ir até 50% de um salário.

Estas foram duas das 16 propostas entregues pelo PSD de alteração na especialidade do Orçamento Suplementar, destinado a fazer face às consequências da pandemia de covid-19.

"Seria um prémio para todos os profissionais de saúde que estiveram envolvidos, todos - médicos, assistentes operacionais, enfermeiros, auxiliares - porque não há aqui primeiros nem segundos, todos foram indispensáveis para que o SNS respondesse de forma digna. O prémio não pode ser só virtual, tem de ser real", justificou o deputado do PSD Duarte Pacheco, em conferência de imprensa no parlamento.

Os sociais-democratas não adiantaram o custo quer desta medida quer da globalidade das propostas, remetendo esses valores para o debate parlamentar na especialidade.

"O próprio Governo, pela voz do senhor ministro das Finanças, disse que dificilmente o défice ficará nos 6,3%, será o que a realidade impuser. Não serão as propostas do PSD que irão denegrir ou manchar o Orçamento Suplementar", defendeu Duarte Pacheco, apontando que muitas das medidas propostas pelo PSD não têm custos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG