Marcelo quebra protocolo e vai ao Carnaval de Luanda

A multidão no local nem deu pela presença do Presidente da República português

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, quebrou o protocolo logo no início da visita de Estado a Angola ao deslocar-se inesperadamente para a bancada 'vip' do carnaval angolano, logo após sair do Aeroporto 4 de Fevereiro, em Luanda.

Acompanhado do ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, o chefe de Estado português foi levado para a quarta fila da bancada 'vip' onde permaneceu inesperadamente também completamente discreto, sem que a multidão notasse a sua presença.

Com o pôr do sol de frente para a bancada, Marcelo Rebelo de Sousa permaneceu cerca de 30 minutos sempre acompanhado pelo governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova.

A quebra de protocolo gerou grande confusão entre as equipas de segurança e os jornalistas que acompanham o Presidente português na visita a Angola.

Marcelo Rebelo de Sousa deixou o palanque cerca de 18:00 locais (17:00 em Lisboa), seguindo de imediato para uma unidade hoteleira em Luanda, de onde partirá para o jantar do sexagésimo quinto aniversário do seu homólogo angolano, João Lourenço, de quem é convidado.

A visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa a Angola começa oficialmente na quarta-feira, tendo de manhã um encontro em privado com João Lourenço.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.