João Miguel Tavares preside às comemorações do 10 de Junho

Marcelo Rebelo de Sousa designou o jornalista João Miguel Tavares para presidir à comissão das comemorações do 10 de junho, Dia de Portugal, que decorrerão entre Portalegre e Cabo Verde.

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou esta quarta-feira a decisão através de uma nota publicada no portal da Presidência da República.

O presidente da comissão das comemorações do Dia de Portugal discursa habitualmente no dia 10 de junho, antes do chefe de Estado

"João Miguel Tavares, natural de Portalegre, jornalista e colunista, é licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, foi jornalista do Diário de Notícias, colaborou com o Correio da Manhã e foi subdiretor da Time Out, colaborando atualmente com o Público, o Observador, a TSF e a TVI", lê-se na nota divulgada.

Em 2016, ano em que tomou posse como Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa lançou um modelo inédito de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, acertado com o primeiro-ministro, António Costa, em que as celebrações começam em território nacional e se estendem a um país estrangeiro com comunidades migrantes.

Nesse ano, o Dia de Portugal foi celebrado entre Lisboa e Paris. Em 2017 as comemorações foram no Porto e nas cidades brasileiras do Rio de Janeiro e São Paulo. E em 2018 dividiram-se entre Ponta Delgada, nos Açores, e as cidades de Boston, Providence e New Bedford, na Costa Leste dos Estados Unidos da América.

Em 2016, o Presidente da República designou para presidir à comissão das comemorações do 10 de junho o professor universitário e investigador João Caraça, doutorado em Física Nuclear, que é natural de Lisboa e dirigia, na altura, a delegação da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris.

Em 2017, o presidente da comissão organizadora do Dia de Portugal foi o médico, professor universitário e investigador Manuel Sobrinho Simões, que é natural do Porto.

Em 2018, Marcelo Rebelo de Sousa designou para essa função o escritor e filósofo açoriano Onésimo Teotónio Almeida, que é professor catedrático da Universidade de Brown, em Providence, Rhode Island.