MMarcelo declara que os objetivos políticos, empresariais e humanos da sua visita à Índia foram atingidos

O Presidente da República considerou este domingo, dia 16 de fevereiro, e que os objetivos da sua visita de Estado à Índia foram atingidos, nos planos político, com os encontros que teve em Nova Deli, empresarial e humano.

"Missão cumprida no plano político, missão cumprida no plano empresarial, missão cumprida no plano humano e da afirmação da presença portuguesa aqui na Índia e no mundo", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, num hotel no sul de Pangim, capital do estado de Goa.

Segundo o Presidente da República, "em três dias e meio era impossível fazer mais" para "manter o ritmo e acelerar o ritmo" das relações bilaterais, no seguimento do "trabalho das vindas do primeiro-ministro português e da ida do primeiro-ministro indiano a Portugal". "Manteve-se e acelerou-se o ritmo", defendeu.

Num balanço da sua visita, Marcelo Rebelo de Sousa começou por falar dos encontros institucionais que teve com o seu homólogo indiano, Ram Nath Kovind, e com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, em Nova Deli. "Missão cumprida nos contactos políticos", afirmou.

De acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, "motivou-se mais portugueses para virem para cá, motivou-se mais empresários indianos para irem para lá, com projetos concretos em domínios concretos para arrancarem nos próximos cinco anos"

"O Presidente da Índia irá a Portugal para o ano e haverá durante a presidência portuguesa da União Europeia um enfoque especial nas relações com a Índia", salientou. No seu entender, também houve "sucesso" no domínio empresarial, "quer no plano oficial, Estado a Estado, quer sobretudo no interesse dos grupos privados".

De acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, "motivou-se mais portugueses para virem para cá, motivou-se mais empresários indianos para irem para lá, com projetos concretos em domínios concretos para arrancarem nos próximos cinco anos". "E no plano cultural e no plano humano, tudo terminado em Goa, o que é uma oportunidade única de homenagear esta comunidade, que é uma comunidade de grande identidade, de grande coesão e de grande presença na diversidade aqui do todo que é a Índia", concluiu.

O Presidente da República chegou na quinta-feira à Índia, para uma visita com um programa concentrado em três dias, dividido entre a capital, Nova Deli, Mumbai, o centro financeiro do país, e Goa.

Esta foi a 17.ª visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa e a segunda a um país asiático, depois da República Popular da China, onde esteve no ano passado. Acompanharam esta deslocação do Presidente da República o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, os secretários de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, e os deputados Lara Martinho, do PS, Cancela Moura, do PSD, João Dias, do PCP, Ana Rita Bessa, do CDS-PP, e Mariana Silva, do PEV.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG