Excesso de mulheres. Iniciativa Liberal obrigado a alterar lista para cumprir quotas

O partido Iniciativa Liberal vai substituir duas mulheres por dois homens na lista às Legislativas por Portalegre, depois do tribunal o ter exigido uma vez que aquela que foi entregue inicialmente não cumpria a lei das quotas.

Em comunicado, é o próprio partido que anuncia que o Tribunal da Comarca de Portalegre recusou a lista da Iniciativa Liberal àquele círculo eleitoral "por excesso de mulheres".

"O Tribunal da Comarca de Portalegre exigiu que o partido Iniciativa Liberal substituísse algumas das mulheres da sua lista por homens de forma a cumprir a lei das quotas", refere o mesmo texto.

O partido confirma que "irá proceder à substituição de duas mulheres na sua lista para garantir que pode concorrer pelos 22 círculos nas suas primeiras eleições legislativas".

"Apesar de não concordarmos com a lei, iremos substituir duas mulheres na lista por dois homens. Não iremos deixar de dar aos eleitores de Portalegre a possibilidade de votar na Iniciativa Liberal apenas por discordarmos da lei", afirma, citado no comunicado, o presidente do partido, Carlos Guimarães Pinto.

As eleições legislativas estão marcadas para 06 de outubro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG