Ex-ministro de Costa e eurodeputado do PS Pedro Marques apoia Marcelo

"Reconheço competência, mérito e o legado de Ana Gomes, mas, nestes tempos de incerteza, apoio a recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa", frisa o ex-ministro das Infraestruturas em comunicado. O socialista junta a sua voz a outros camaradas de partido como Ferro Rodrigues, Augusto Santos Silva, Vieira da Silva, Fernando Medina ou Álvaro Beleza.

O antigo ministro e eurodeputado do PS Pedro Marques manifestou esta segunda-feira o seu apoio à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa ao cargo de Presidente da República, embora reconheça "mérito" na socialista Ana Gomes.

Pedro Marques, que foi cabeça de lista do PS nas últimas eleições europeias, em maio de 2019, manifesta o seu apoio a Marcelo Rebelo de Sousa "pelo que foi o seu primeiro mandato enquanto Presidente da República".

Nesta mensagem que enviou à agência Lusa, Pedro Marques refere-se depois à candidatura presidencial da antiga dirigente e ex-eurodeputada socialista Ana Gomes.

"Reconheço competência, mérito e o legado de Ana Gomes, mas, nestes tempos de incerteza, apoio a recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa", frisa o ex-ministro das Infraestruturas do primeiro Governo liderado por António Costa.

Além de Pedro Marques, já manifestaram publicamente o seu apoio ou, pelo menos, a intenção de votar em Marcelo Rebelo de Sousa mas presidenciais de janeiro próximo socialistas como o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, o ex-ministro José António Vieira da Silva, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e o dirigente do PS Álvaro Beleza.

Em relação às eleições presidenciais, o PS concedeu liberdade de voto aos seus militantes, tendo aprovado uma orientação em que se elogia a forma como Marcelo Rebelo de Sousa exerceu o mandato de Presidente da República desde março de 2016, embora também elogie a "coragem" de Ana Gomes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG