Catarina Martins: "UE incapaz nos momentos de crise é não apenas inútil, mas destrutiva"

A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu esta sexta-feira que "uma União Europeia incapaz nos momentos de crise é não apenas inútil, mas destrutiva", manifestando solidariedade com todos os esforços do Governo português para uma resposta europeia consistente.

Em conferência de imprensa por videoconferência, Catarina Martins criticou o comunicado do Conselho Europeu de quinta-feira, "uma declaração de verdadeira incapacidade", condenando ainda o facto da União Europeia estar a repetir "o erro da resposta à crise financeira de 2007/08".

"Enquanto diz aos países 'endividem-se agora', prepara a austeridade para o dia seguinte. Uma União Europeia incapaz nos momentos de crise é não apenas inútil, mas destrutiva", afirmou.

Questionada sobre as declarações do primeiro-ministro, António Costa -- que na quinta-feira qualificou de "repugnante" e contrária ao espírito da União Europeia (UE) uma declaração do ministro das Finanças holandês pedindo que Espanha seja investigada por não ter capacidade orçamental para fazer face à pandemia -- a líder do BE mostrou que acompanha as declarações do chefe do executivo português.

"Temos divergências com PS sobre UE que são conhecidas. Estamos solidários em todos os esforços do Governo português para uma resposta europeia que seja consistente e que combata a crise", assegurou.

Na perspetiva de Catarina Martins, "o discurso do ministro holandês não é de todo aceitável e a posição dos Governos da Alemanha e da Holanda de impedir qualquer solução robusta de resposta à crise absolutamente irresponsável".

LEIA MAIS AQUI

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG