Ricardo Araújo Pereira provoca primeiro ajuntamento da Festa do Avante!

O humorista Ricardo Araújo Pereira provocou este sábado o primeiro ajuntamento de massas da 44.ª edição da Festa do "Avante!", no espaço Festa do Livro, com largas dezenas de pessoas a desrespeitarem o distanciamento preventivo da covid-19.

Em cadeiras, sentados na relva ou no alcatrão, já no exterior do local, ou em pé, foram muitos os militantes e visitantes do certame político-cultural anual comunista a acorrer ao debate de um dos fundadores do grupo Gato Fedorento, mediado pelo jornalista Pedro Tadeu e com a participação da dirigente do PCP Margarida Botelho.

A multidão que se aglomerou obrigou mesmo à intervenção de funcionários do partido para uma melhor disposição dos lugares disponíveis e foi efetuado um aviso via instalação sonora para que se guardassem as distâncias e fossem usadas as máscaras protetoras.

As colunas de som, com um problema técnico, falharam e verificou-se uma espera de cerca de 10 minutos até ao começo da discussão.

"Foi preciso instalar duas colunas mais atrás, porque com o distanciamento social ocupa-se uma área muito grande, a organização pediu constantemente para as pessoas se afastarem", explicou ao DN Pedro Tadeu. O debate tinha lugar para 30 pessoas sentadas. "No meu campo de visão, estava a ser cumprido o distanciamento social".

Esta 44.ª edição do evento do PCP, a decorrer no Seixal, distrito de Setúbal, está limitada à presença de um máximo de 16.563 pessoas e muitas medidas sanitárias, estando a ser muito pouco concorrida face a anos anteriores.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG