William faz hoje o último turno como piloto de ambulância aérea

Nos últimos dois anos o príncipe tem vindo a trabalhar na organização de solidariedade East Anglian Air Ambulance

O príncipe William vai realizar esta quinta-feira à noite o seu último turno como piloto de ambulância aérea, antes de se dedicar exclusivamente aos seus deveres reais, como herdeiro do trono britânico.

William, o segundo na sucessão real, vai trabalhar hoje no turno noturno na organização de solidariedade East Anglian Air Ambulance, onde, nos últimos dois anos, tem transportado equipas médicas para emergências, como acidentes de viação.

O príncipe, com 35 anos, afirmou-se "muito orgulhoso" por ter servido os serviços de emergência, pelos quais disse ter "um respeito profundo", mas relatou também ter testemunhado "tragédias horríveis", num texto publicado no jornal regional Estearn Daily Press.

Os membros mais novos da família real britânica estão a assumir progressivamente mais papéis oficiais, como visitas ao estrangeiro, ao mesmo tempo que a rainha, Isabel II, com 90 anos, e o seu marido, o duque de Edimburgo, dão um passo atrás para dar espaço às novas gerações.

William e a sua mulher, Kate, também vão passar mais tempo no Palácio de Kensington, em Londres, onde o filho mais velho, George, deverá começar a frequentar a escola.

Com o desejo de viver como um cidadão comum, o príncipe William é o primeiro membro da família real que pode subir ao trono depois de ter tido um emprego na vida civil.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG