Penélope Cruz quer dar voz às vítimas de cancro infantil

A atriz Penélope Cruz é autora de um documentário sobre a leucemia infantil. "Soy Uno Entre Cien Mil" ambiciona "tocar o coração das pessoas".

Além de ser atriz, Penélope Cruz é também a autora de um documentário, Soy Uno Entre Cien Mil (sou um entre cem mil, em tradução livre), que é centrado na leucemia infantil. O filme estreou-se esta semana em Madrid e a artista espanhola espera que consiga "tocar o coração das pessoas".

O documentário partiu de uma colaboração solidária que Penélope Cruz tem com a fundação Uno Entre Cien Mil. "Sinto-me muito feliz por ver tanta gente a apoiar esta fundação e para mim esta estreia é mais importante do que a de qualquer outro filme", salientou a mulher de Javier Bardem.

youtube:8nRqNywXV849

"Os meses em que estive a preparar este trabalho e a maneira como as famílias [das crianças com leucemia] abriram o seu coração fez-me perceber que devia dar o meu contributo, que é talvez apenas um grão de areia, mas que para mim é muito importante", realçou.

Penélope Cruz espera que este documentário consiga dar mais visibilidade a este tema e acelere o processo de investigação. "Neste trabalho optei por manter-me à margem, porque a minha intenção é que as pessoas questionem-se por que motivo nos últimos 20 anos a investigação do cancro infantil avançou de forma tão lenta", constatou a atriz, que é mãe de duas crianças, Leo, seis anos, e Luna, três.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG