Mick Jagger assistiu à final do Euro e vibrou com Portugal 

A estrela dos The Rolling Stone foi até ao estádio Saint Loius para apoiar a seleção portuguesa. Queria ver jogar Ronaldo, mas foi Éder quem lhe deu a delícia de cantar vitória

O estádio Saint Louis abriu portas para deixar rolar a bola da final do Euro 2016. Dentro de campo, o confronto desenhou-se entre França e Portugal. Pelos ares voavam traças e nas bancadas aterraram os adeptos. Os franceses preencheram a maioria dos 80 mil lugares disponíveis no estádio gaulês. Mas foram os (poucos, mas barulhentos) portugueses que mais se fizeram ouvir durante o jogo. Às centenas de adeptos que se juntaram para puxar pela seleção do respetivo país estava a estrela de rock Mick Jagger e os seus dois filhos, Lucas e Lizzy Jagger. Todos eles a torcer pela vitória da equipa das "quinas".

Aos oito minutos de jogo, o artista viu Cristiano Ronaldo tombar no relvado, após a violenta entrada do francês Payet. O espetáculo perdia, naquele momento, parte do brilho que lhe tinha sido prometido. Afinal, Ronaldo fazia par com Griezmann na fotografia das estrelas do encontro.

Sempre atento ao que se ia passando dentro de campo, a estrela de rock britânica também viu entrar o número 9 da seleção portuguesa. E se nesse momento desconhecia o nome daquele jogador, no final dos 120 minutos da partida levava-o na memória como o homem que engatou o remate para o único golo da partida. Éder. Hoje Mick Jagger sabe quem ele é.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG