Kate Moss transforma-se numa mulher de negócios

A ex-manequim vai abrir uma agência de talentos artísticos

O próximo passo está anunciado. Kate Moss vai abrir uma agência de talentos para se dedicar a "administrar carreiras", contou a própria em entrevista à The Business of Fashion. É o futuro que a modelo deseja, depois de ter deixado no início deste ano a Storm Models (SM), que cuidou da sua carreira durante 27 anos, e pouco depois as passerelles - mantendo, no entanto, o seu trabalho em sessões fotográficas.

"Conhece o filme Gia [de 1998]? Faye Dunaway interpreta uma agente. Eu também posso fazer isso! Mas quero focar-me mais em administrar carreiras do que em ter apenas uma agência de modelos. Não quero só gente bonita, quero pessoas que cantem, que dancem, que atuem. Quero criar estrelas", explicou.

Esta foi, aliás, uma das razões que a levaram a deixar a SM. "Decidi que queria fazer mais do que ser modelo. Por mais que tentássemos, eu seria sempre a pequena Kate que eles conheceram quando tinha 14 anos", contou Moss, de 42 anos. "Foi como sair de casa. Tive de o fazer e eles entenderam".

Para a ajudar terá Lucy Baxterm, com quem trabalhou na SM, e a produtora de moda Camilla Johnson-Hill. A Kate Moss Agency já tem página de Instagram e um site, o katemossagency.com, que ainda não tem conteúdo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG