Fátima Lopes apresenta coleção "à flor da pele"

Cores sólidas, silhuetas finas, uma criação à volta do corpo, inspirada por ele. A roupa como pele depois da pele. Fátima Lopes abriu hoje a semana da moda de Paris num registo feminino e exuberante, ao som de violino.

A criadora portuguesa pôs charme, vermelho e violino no imponente e frio Hotel des Invalides, numa sala que se estreou como passerelle, e mostrou uma coleção "à flor da pele" e que diz ser a sua cara.

Antes do desfile, Fátima Lopes explicou que esta é uma coleção criada por ela e para ela, inspirada no corpo humano: "É uma coleção que busca, essencialmente, criar uma ilusão ótica de perfeição do corpo. As pessoas não têm que ser perfeitas, mas as roupas podem ajudar a criar uma ideia de perfeição".

Durante meia hora desfilaram vestidos de cores sólidas -- nude, vermelho sangue, preto, bordô -- em contraste com desenhos finos, a lembrar o sistema venoso porque "os tecidos foram desenhados a pensar do interior para o exterior".

Na passerelle viu-se também muito cabedal, calças com lados drapeados e casacos com diversas camadas. Nos sapatos e collants, pequenos ossos, "inspirados na coluna vertebral".

Uma dança feminina, exuberante, de corpos com silhuetas forradas, vincadas, mas quase nus, com roupas "à flor da pele".

Em setembro do ano passado, a designer de moda apresentou a coleção para o verão deste ano na Torre Eiffel. Sobre o que virá depois do desfile de hoje, afirmou que "ainda há tempo para pensar" e acrescentou que, embora "a fasquia esteja muito elevada", é "sempre possível fazer mais e melhor".

"Estou muito satisfeita com a minha coleção, com o meu trabalho e com o trabalho da minha equipa", acrescentou.

Fátima Lopes respondeu ainda que não tem a receita para fazer com o país o que fez com o seu traço e com a sua marca, mas considerou que a solução de Portugal passa por "trabalhar como nunca": "Não é momento para baixar braços, é momento para trabalhar, como eu faço, sete dias por semana, de dia e de noite".

A semana da moda de Paris termina a 07 de março. Na capital francesa vão também marcar presença, na quarta-feira, os portugueses Luís Buchinho e Felipe Oliveira Baptista.

As coleções que Fátima Lopes e Felipe Oliveira Baptista apresentam em Paris serão depois mostradas no Portugal Fashion, no Porto. As propostas de Luís Buchinho vão desfilar na passerelle da ModaLisboa, no Terreiro do Paço.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG