Carrilho fotografa Bárbara Guimarães em tribunal

O insólito episódio aconteceu numa das pausas da segunda audiência do julgamento. Manuel Maria Carrilho está acusado de violência doméstica e difamação

Manuel Maria Carrilho tirou fotografias em pleno tribunal a Bárbara Guimarães. O insólito aconteceu no segundo intervalo da audiência que retomou o processo de violência doméstica e difamação que a apresentadora da SIC interpôs contra o ex-marido.

Bárbara Guimarães estava a conversar com o seu publicist à porta da casa de banho do edifício do Campus da Justiça, em Lisboa, onde decorreu a sessão, quando se ouviu o ruído de um disparo fotográfico. Uma situação que foi testemunhada por dois jornalistas presentes no corredor que dá acesso às instalações sanitárias.

De seguida, o antigo ministro da Cultura foi ter com o seu advogado, Paulo Sá e Cunha, mostrando-lhe o telemóvel, onde tinha aberta a pasta onde ficam alojadas as fotografias. O publicist de Bárbara interpelou Manuel Maria Carrilho, ao que este respondeu: "Estou a falar com o meu advogado, não me interrompa".

No final da audiência, e confrontado pelos jornalistas, Carrilho negou ter captado as imagens. Explicou ainda que se tinha dirigido para a zona da casa de banho feminina por engano. A mesma pergunta foi feita a Bárbara Guimarães, que se limitou a sorrir.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG