Trabalhos de drenagem vão ser retomados pelas 23.00

O comandante distrital da Proteção Civil anunciou que os trabalhos foram interrompidos esta tarde e que a chuva causou perturbações, mas que os trabalhos vão ser retomados esta noite e que tudo está a ser preparado para se poder começar a trabalhar de dia e de noite

Ao fim de quatro dias de trabalhos, o comandante distrital da Proteção Civil anunciou no briefing que os trabalhos vão ser retomados ainda esta noite, pelas 23.00, "o que nos permite rentabilizar os meios que temos a trabalhar connosco e que estão empenhados", referiu o oficial José Ribeiro.

Mais. Neste momento, tudo está a ser preparado para que a operação possa ser levada a cabo de dia e de noite. Mas a pergunta que todos fazem - para quando a retirada dos três corpos que ainda estão desaparecidos? - continua sem resposta. O comandante voltou a sublinhar que a operação em curso é delicada, cautelosa e morosa, já que exige que sejam seguidos determinados passos.

José Ribeiro voltou a salientar os constrangimentos que têm existido e dificultado a drenagem das águas de forma a poder localizar-se com precisão as vítimas e as viaturas que na segunda-feira foram apanhadas pelo deslizamento de terras quando seguiam numa estrada que colapsou e os atirou para a pedreira.

Estes constrangimentos já resultaram na necessidade de colocar um quarto tubo para drenagem já que o volume de água é muito elevado. Mas, sublinhou, estão a ser criadas condições para se avançar nos trabalhos. O sonar que a Marinha disponibilizou vai permitir avaliar com mais pormenor o fundo da pedreira em Borba.

No final, José Ribeiro afirmou: "Estamos conscientes da dificuldade da operação que tem de ser desenvolvida segundo alguns passos, mas estamos todos empenhados nesta missão."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG