SEF detém mulher suspeita de angariar cidadãs estrangeiras para prostituição

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve na terça-feira, dia 22 de outubro, em Fafe uma mulher suspeita de angariar e explorar cidadãs estrangeiras para a prostituição.

Em comunicado hoje divulgado o SEF adianta que foram realizadas várias operações de combate ao auxílio à imigração ilegal, tráfico de pessoas para exploração sexual e lenocínio, que terminaram na detenção da principal suspeita de angariar e explorar cidadãs estrangeiras para a prostituição.

As ações de fiscalização, que decorreram no norte do país - Vila do Conde, Póvoa do Varzim, Viana do Castelo e Fafe e incluíram seis buscas domiciliárias, nas quais foram identificados vários cidadãos estrangeiros, cinco dos quais foram detidos por estarem ilegais em Portugal.

A nota refere ainda que nas buscas foram apreendidas elevadas quantias de dinheiro, vários documentos que traduzem o 'modus operandi' adotado, as atividades de favorecimento na entrada e permanência ilegal de cidadãos estrangeiros no país e os lucros avultados que obtinham.

Não é a primeira nem última vez que o SEF lida com esquemas parecidos. No dia 10 de agosto de 2019, o SEF desmantelou uma "rede criminosa" de prostituição de mulheres estrangeiras que operava em Lisboa.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.