PSP detém 27 pessoas e apreende quatro armas de fogo em Lisboa

Vinte e sete pessoas foram detidas, na sexta-feira, entre elas cinco por tráfico de estupefacientes, anunciou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, que apreendeu ainda quatro armas de fogos.

O maior número de detenções - sete - foi no cumprimento do respetivo mandado de detenção, tendo ainda sido detidas cinco pessoas por furto, três por condução automóvel sem habilitação, e uma por condução sob efeito de álcool.

A PSP deteve ainda uma pessoa por posse ilegal de arma e cinco "por outros crimes", segundo a mesma fonte.

Também na sexta-feira, foram efetuadas apreensões de haxixe "em quantidade suficiente para 48 doses individuais", heroína "em quantidade suficiente para 15 doses individuais" e ainda cocaína "em quantidade suficiente para 15 doses individuais".

A PSP apreendeu ainda quatro armas de fogo - duas espingardas, uma carabina e um revólver - e 6.105 munições de vários calibres.

Noutro comunicado, divulgado também hoje, o Comando Metropolitano deu conta da detenção, na passada quarta-feira, "de um homem, com 33 anos, por ser suspeito de crimes contra o património".

A detenção, através da Divisão de Investigação Criminal, na freguesia lisboeta de Alcântara, em Lisboa, efetuou-se "após um mês de diversas diligências de investigação criminal", tendo-se concluído que o "detido é suspeito de quatro crimes de roubo, um crime de sequestro, um crime de dano, dois crimes de furto e dois crimes de ameaça, todos eles praticados em Lisboa".

O detido, refere a mesma fonte, tem "diversos antecedentes criminais", foi já presente ao Tribunal de Turno de Lisboa, para primeiro interrogatório judicial, tendo sido aplicada "a medida de coação mais gravosa de prisão preventiva".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG