Prisão preventiva para suspeito de perseguir ex-mulher e namorado em Baião

O Tribunal de Marco de Canaveses decretou a prisão preventiva para um homem de Baião, no distrito do Porto, indiciado por perseguir e intimidar a ex-mulher, inclusive com ameaças de morte, e o atual namorado desta.

A GNR, que deu a informação em comunicado, referiu que o arguido, de 59 anos, ameaçava de morte a sua ex-companheira, de 50, e o namorado da mulher, de 38.

"Deslocava-se diariamente para junto da casa da vítima, controlando-lhe os movimentos sempre que se deslocava para o exterior da habitação, mesmo quando esta se encontrava na presença dos filhos de ambos", afirmou a GNR, em comunicado.

Mais tarde, conta a autoridade policial, começou a escrever cartas com ameaças de morte para a vítima, "deixando as mesmas em casa desta, ligando-lhe insistentemente e deixando-lhe mensagens de correio de voz".

Num dos episódios, detalha, cortou os pneus do carro do namorado da vítima.

O homem retaliava deste modo porque, segundo a GNR, "estava inconformado" com o fim da relação que manteve com a ex-mulher ao longo de 17 anos.

Mais a sul, em Águeda, no distrito de Aveiro, a GNR deteve outro homem, de 67 anos, que "exercia violência psicológica" sobre a companheira, de 58, e que chegou a ameaçá-la de morte.

O detido foi presente na sexta-feira ao Tribunal de Aveiro, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a vítima, obrigação de abandonar a residência e apresentações bissemanais no posto policial da área de residência.

No âmbito deste processo, os militares da GNR apreenderam duas espingardas caçadeiras e 64 munições, de calibre 12.

Exclusivos