PJ deteve homem suspeito de abusar da enteada ao longo de 12 anos

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve um homem de 51 anos suspeito de abuso sexual da enteada desde 2008, quando esta tinha seis anos

Em comunicado, a PJ refere que os abusos começaram em 2008 e prolongaram-se até 2019. "Ao longo desse período de tempo, a vítima foi sucessivamente abusada pelo detido, seu padrasto, nas residências onde viviam e em vários outros locais", acrescenta.

O suspeito foi detido na terça-feira, fora de flagrante delito, em Felgueiras. Está indicado da prática de "vários" crimes de abuso sexual de criança e de abuso sexual de menor dependente.

Vai ser presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

Exclusivos