Ondas gigantes lançam o pânico entre banhistas nos Açores

Na piscina natural da Caloura, várias pessoas foram arrastadas para a água por ondas de grande dimensão. Testemunhas dizem que nadadores-salvadores já tinham avisado para o perigo.

Foram momentos de pânico na piscina natural da Caloura, em São Miguel, nos Açores. Com as marés de agosto, uma onda gigante seguida de outras também de forte intensidade, arrastaram alguns banhistas que estavam na zona balnear no Oceano Atlântico. Várias crianças foram levadas pela onda e durante minutos ouviram-se gritos. Segundo o relato de testemunhas, foi importante a intervenção dos nadadores-salvadores e de banhistas que ajudaram logo as pessoas que tinham sido levadas na água. Houve três crianças e um turista que sofreram arranhões, disse uma testemunha.

Nas redes sociais, foram publicados vídeos do momento, com as testemunhas a referirem que já tinha sido lançado um aviso para as pessoas não irem para o mar, já que as ondas estavam muito grandes. Relatam que a maioria não respeitava e estava numa zona da piscina natural, com os nadadores-salvadores a estarem muito perto, como que antevendo o perigo, Por isso, a intervenção foi rápida e eficaz.

No Facebook foi publicado um vídeo em que se vê uma das ondas gigantes a arrastar para a água diversas pessoas.

Apesar do susto e de ferimentos leves em que quatro pessoas, tudo acabou sem dramas, mas para quem conhece a zona balnear da Caloura é um aviso. O respeito pelas instruções dos nadadores é essencial.

Exclusivos