Não se esqueça do casaco. Fim de semana vai ser de Primavera

Temperaturas máximas não vão ultrapassar os 19 graus Celsius. Esperam-se chuva fraca e temperaturas amenas.

Depois de uma semana de calor, as temperaturas desceram e no fim de semana é esperada chuva fraca. Sábado é o dia mais fria e no norte do país as temperaturas mínimas podem chegar aos 9 graus Celsius.

O termómetro começou a baixar já na quinta-feira e para esta sexta-feira, de acordo com o IPMA, espera.se uma pequena descida de temperatura, em especial da máxima e no interior do país. Existe a possibilidade de aguaceiros fracos no litoral norte e centro. Em Lisboa haverá períodos de céu muito nublado e no Porto prevê-se a ocorrência de aguaceiros fracos.

As temperaturas mínimas serão de 13 graus Celsius para Lisboa e de 11 graus Celsius para o Porto, com as máximas a chegarem aos 19 graus Celsius em Lisboa e aos 17 graus Celsius no Porto.

Chuva fraca para o centro e sul no domingo

Para sábado, esperam-se períodos de céu muito nublado, com possibilidade de aguaceiros fracos no litoral norte e centro. Há ainda a registar uma pequena descida da temperatura mínima nas regiões Norte e Centro.

As temperaturas mínimas serão de 12 graus Celsius em Lisboa e de 9 graus Celsius no Porto, e as máximas serão de 19 graus Celsius em Lisboa e de 16 graus Celsius no Porto, onde ainda poderão ocorrer aguaceiros fracos.

No domingo, as temperaturas começam a subir, ainda que ligeiramente, principalmente nas regiões norte e centro. Continuam os períodos de céu muito nublado e espera-se chuva fraca, em especial nas regiões centro e sul. Requena subida da temperatura máxima nas regiões Norte e Centro.

Em Lisboa esperam-se temperaturas mínimas de 12 graus Celsius e máximas de 21 graus Celsius. Para o Porto, esperam-se mínimas de graus Celsius e máximas de 19 graus Celsius.

Alerta de risco de incêndio no nível elevado

Os concelhos de São Brás de Alportel, Tavira, Castro Marim e Alcoutim, no distrito de Faro, apresentam esta sexta-feira risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Loulé (Faro), Almodóvar e Mértola (Beja), Abrantes, Mação e Sardoal (Santarém), Gavião e Nisa (Portalegre), Idanha-a-Nova e Vila de Rei (Castelo Branco).

Em risco elevado de incêndio estão mais de 40 outros concelhos dos distritos de Faro, Beja, Évora, Setúbal, Santarém, Castelo Branco, Guarda e Portalegre.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de "reduzido" a "máximo", sendo o "elevado" o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG