Morreu jornalista Vera Futscher Pereira

Velório da antiga jornalista da ANOP e da NP realiza-se a partir de sexta-feira na Basílica da Estrela. Funeral é no sábado

A antiga jornalista das agências noticiosas ANOP e NP Vera Futscher Pereira morreu esta quinta-feira em Lisboa, aos 66 anos, vítima de doença prolongada, disse à Lusa uma fonte da família.

O velório de Vera Futscher Pereira realiza-se na sexta-feira a partir das 16:00 na Basílica da Estrela, em Lisboa. A missa de corpo presente realiza-se às 12:00 de sábado, seguindo-se o funeral no Cemitério dos Prazeres.

Vera Futscher Pereira nasceu em 1953, em Léopoldville, Kinshasa, passou uma parte da infância em São Francisco, nos EUA, e um período da adolescência em Madrid.

Após concluir o Curso de Formação Artística, na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa (1974), e de um estágio no Centre de Formation de Journalistes, em Paris (1975), começou a trabalhar como tradutora no "Jornal Novo" (1976).

Foi jornalista nas agências noticiosas ANOP e NP (1977-1984) e Relações Públicas na Cinemateca Portuguesa (1983-1986).

Desde 1986 exerceu a profissão de intérprete de conferência, após completar um estágio de formação organizado pelo Parlamento Europeu, na École de Traduction et d'Interprétation da Universidade de Genebra.

Trabalhou como intérprete e tradutora em regime de freelance a partir de 1987.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG