Taxista agride turista por pensar que era da Uber

Agressão aconteceu na terça-feira no Chiado. Homem do Dubai parou para pedir informações e foi agredido

Tinha o carro estacionado e resolveu pedir indicações a um taxista. A história banal teve um final inesperado para o turista do Dubai que, no Chiado, foi confundido com um motorista da Uber e acabou agredido pelo taxista. O turista que estava com um filho menor teve mesmo que ser levado ao hospital para avaliação dos ferimentos ligeiros, refere o Jornal de Notícias.

O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa confirmou ao jornal ter registado o caso "de um motorista de táxi que agrediu um indivíduo nacional do Dubai", cerca das 14.30 de terça-feira. Se o turista apresentar queixa, o caso segue para tribunal, como um crime de ofensa à integridade física simples.

Algumas testemunhas referiram que o turista parou o carro para pedir indicações e que o taxista começou a agredi-lo dizendo que este era da Uber. O agressor ficou no local até à chegada da polícia e foi identificado.

Os taxistas têm lutado contra a legalização da Uber e já são vários os casos em que motoristas desta plataforma online foram agredidos.

Ler mais

Exclusivos