SEF detém estrangeiro que tinha fugido de prisão espanhola após saída precária

Homem cumpria pena em Espanha, não regressou ao estabelecimento prisional após saída precária, sendo desde então procurado em espaço europeu. Em Portugal é arguido "crime de casamento de conveniência no nosso país".

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta terça-feira a detenção de um cidadão estrangeiro, em Leiria, sobre o qual pendia um mandado de detenção europeu, emitido pelas autoridades de Espanha.

Numa nota de imprensa, o SEF adiantou que o homem detido, com cerca de 30 anos, foi detido de imediato, quando se apresentou no atendimento ao público da delegação de Leiria, sendo intercetado por uma unidade operacional do SEF.

Sobre o suspeito pendia um mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades espanholas, uma vez que o homem, que cumpria pena em Espanha, não regressou ao estabelecimento prisional após saída precária, sendo desde então procurado em espaço europeu.

"O homem era, igualmente, procurado pelo SEF, tendo sido constituído arguido em processo relacionado com a prática do crime de casamento de conveniência no nosso país", acrescenta a nota do SEF.

Após ter sido presente ao Tribunal da Relação de Coimbra, foi posteriormente entregue à Polícia Judiciária, no âmbito dos trâmites processuais relacionados com a extradição para Espanha.

Exclusivos