Presidente da Câmara de Pedrógão Grande constituído arguido

Valdemar Alves foi constituído arguido após requerimento apresentado por um advogado da família de duas vítimas mortais.

Valdemar Alves, o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, foi constituído arguido no âmbito do processo sobre os incêndios de junho de 2017. A notícia está a ser avançada pelo Expresso , que acrescenta que a decisão foi tomada pelo Tribunal de Leiria na sequência de um requerimento apresentado por Ricardo Sá Fernandes, advogado da família de duas vítimas mortais.

Até ao momento, foram constituídos 12 arguidos no processo que procura apurar responsabilidades nos incêndios que fizeram 66 mortos e 253 feridos.

Entre os arguidos estão: Sérgio Gomes, comandante do CDOS de Leiria; Augusto Arnaut, comandante dos Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande; Mário Cerol, 2º Comandante do CDOS de Leiria; José Revés, Rogério Mota e António Berardinelli, da concessionária Ascendi, responsável pela gestão da EN 236-1; Fernando Lopes, ex-presidente da Câmara de Castanheira de Pera; Jorge Abreu, autarca de Figueiró dos Vinhos; José Geria e Casimiro Pedro, da EDP Distribuição; José Graça, ex-vice-presidente da Câmara de Pedrógão e Margarida Gonçalves, funcionária da autarquia.

Ler mais

Exclusivos