Portugal vai receber 100 refugiados que estão na Grécia

Acordo assinado entre os dois países confirma transferência de refugiados que se encontram em campos gregos.

Portugal vai acolher, nos próximos meses, 100 pessoas que se encontram em campos de refugiados na Grécia, na sequência do acordo bilateral assinado entre os dois países.

Segundo o comunicado do Ministério da Administração Interna, o acordo entre os dois países surge na sequência da visita que o ministro Eduardo Cabrita realizou à Grécia, em outubro, durante a qual se encontrou com o ministro da Política de Migrações, Dimistris Vitsas.

O protocolo "que formaliza todos os procedimentos para esta transferência foi assinado esta semana entre o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (Portugal) e o Serviço de Asilo (Grécia). O documento prevê a realização de uma primeira missão de entrevistas a 100 beneficiários e requerentes de proteção internacional que se encontram em campos de refugiados na Grécia e que manifestem vontade de ser transferidos para Portugal."

O processo, que poderá levar ao acolhimento em Portugal de até mil pessoas, explica o MAI, já recebeu luz verde da Comissão Europeia e tem vindo a ser acompanhado pela Organização Internacional para as Migrações.

Neste momento, a Grécia acolhe cerca de 50 mil pessoas em campos de refugiados. Só em setembro, chegaram às ilhas gregas 3500 pessoas, uma média de 160 por dia e a Grécia é o país europeu que mais registou pedidos de asilo per capita.

Ler mais

Exclusivos