Proteção Civil estende alerta especial vermelho a mais onze distritos

A Proteção Civil estendeu nesta sexta-feira o estado de alerta especial vermelho, o mais grave, relativo aos meios de combate a incêndios florestais, a mais onze distritos de Portugal continental.

Passam a ser abrangidos por este nível de alerta do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro os distritos de Lisboa, Setúbal, Évora, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Viseu, Guarda e Bragança, informou a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) num aviso à população.

Estão igualmente sob alerta vermelho, desde quinta-feira, os distritos de Faro e Beja.

Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo e Vila Real encontram-se em alerta laranja, o segundo mais grave.

O Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro define a "prontidão e mobilização das estruturas, forças e unidades de proteção e socorro em conformidade com os riscos associados".

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...