GNR deteve homem que se barricou em casa e disparou contra patrulha

Foi necessário isolar o local, pedir reforços e chamar uma equipa de negociadores. Homem acabou por se entregar e foi levado para o Hospital de Vila Real

A GNR deteve um homem que se barricou em casa e efetuou disparos contra os militares em Alvações do Tanha, concelho de Peso da Régua, disse esta terça-feira, à agência Lusa, fonte desta força policial.

A fonte referiu que a patrulha do posto de Peso da Régua foi chamada pelas 23:00 de segunda-feira, depois de um popular ter alertado para um indivíduo que estava a danificar uma viatura na aldeia de Alvações do Tanha. Quando os militares chegaram ao local, o homem, segundo a GNR, "barricou-se em casa e efetuou disparos em direção à patrulha".

De acordo com a fonte foi, por isso, necessário isolar o local, chamar reforços dos postos vizinhos e uma equipa de negociadores. A fonte disse que o homem "acabou por se entregar" e foi levado ao Hospital de Vila Real para tratamento de feridas que apresentava nas mãos e ser assistido na ala psiquiátrica.

Depois de ter alta médica, o suspeito vai ser presente ao Tribunal de Peso da Régua para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação. A investigação do caso passou para a alçada da Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.