Chuva e frio. Termómetros descem dez graus no início da semana

As temperaturas máximas vão descer drasticamente em todo o país durante os próximos dias. Só não deverá chover no Alentejo e no Algarve.

Se pretende fazer praia durante os próximos dias, o melhor é descer até ao sul do país. Para as regiões norte e centro, está prevista uma descida "rápida e acentuada" da temperatura, nebulosidade e chuva, de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Paula Leitão, meteorologista do IPMA, lembra que "temos estado com temperaturas muito altas, até uma situação de vaga de calor", mas a temperatura vai descer já este domingo "e nos próximos dias desce ainda mais".

Além da descida dos termómetros, "vamos ter uma situação de mais humidade e até de chuva, que será mais frequente no Minho e Douro Litoral".

Em algumas zonas do país, a descida da temperatura máxima ultrapassa os 10 graus. É o caso de Lisboa, onde os termómetros chegaram aos 33 graus neste fim de semana. Na quarta e na quinta-feira, a temperatura máxima prevista é de 21 graus.

No Porto, onde se registaram 31 graus de máxima no sábado, a temperatura não passa dos 22 graus na segunda-feira e dos 17 na quarta-feira.

Relativamente à ocorrência de precipitação, Paula Leitão adianta que "esta noite já pode chover na região do Minho". Com mais probabilidade e com maior intensidade, prossegue, "será só na terça-feira e na quinta-feira à tarde", sobretudo no Minho e Douro Litoral.

No Alentejo e no Algarve não deverá chover e as temperaturas máximas vão ser sempre superiores a 20 graus.

Na origem desta descida "rápida e acentuada" da temperatura está a passagem do vento do quadrante leste para o oeste. Até agora, o vento "transportava uma massa de ar muito quente e seca que estava dentro da Península Ibérica", mas, a partir deste domingo, "transporta uma massa de ar mais fresca e húmida que está sobre o Atlântico".

Para o próximo fim de semana, Paula Leitão diz que está prevista "uma pequena subida da temperatura". Se houver precipitação, "é fraca e apenas no litoral norte e centro".

Exclusivos