Homem foi à PSP confessar desejo sexual por menores. Ficou em prisão preventiva hospitalar

Um homem, de 27 anos, entregou-se na PSP do Cacém manifestando ter desejos sexuais com menores e vontade de consumar essa atração, tendo ficado em prisão preventiva em estabelecimento hospitalar

De acordo com a página da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL) na Internet, o homem apresentou-se na esquadra da PSP na passada terça-feira, tendo depois sido ouvido por um juiz de Instrução Criminal que, face ao relatado, decidiu decretar a medida de internamento hospitalar, sob prisão preventiva.

Segundo o documento da PGDL, o arguido explicou que, face aos desejos sexuais e a vontade de os consumar, "havia adquirido e detido imagens e vídeos de menores em poses pornográficas, com o propósito de satisfazer os seus instintos libidinosos, bem como para os ceder a terceiros".

"O arguido ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva em estabelecimento hospitalar, considerados os perigos concretos de perturbação do inquérito na vertente da aquisição de conservação da prova, continuação da atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade públicas", adianta a PGDL.

O processo encontra-se em segredo de justiça e o inquérito dirigido pelo Ministério Público na 4.ª Secção do DIAP de Sintra, Comarca de Lisboa Oeste, com a coadjuvação da PSP.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG