Homem de 60 anos que engravidou menor de 13 fica em prisão preventiva

Segundo a Polícia Judiciária, o homem tem antecedentes criminais por crimes sexuais, tendo cumprido, por duas vezes, penas efetivas de prisão.

Um homem de 60 anos ficou em prisão preventiva pela suspeita de crimes de abuso sexual de crianças, dos quais resultou a gravidez de uma menor de 13 anos, informou nesta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ refere que os factos ocorreram durante o último trimestre do ano passado na região de Lisboa e Vale do Tejo. Segundo a mesma fonte, o detido, com 60 anos, tem antecedentes criminais por crimes sexuais, tendo já cumprido, por duas vezes, penas efetivas de prisão.

O homem já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Um homem de 60 anos foi detido em Lisboa, "por fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças agravado, na forma consumada".

Os abusos resultaram na gravidez de uma criança de 13 anos, segundo nota da Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, que procedeu à detenção.

"Os factos foram cometidos durante o último trimestre do ano transato", podia ler-se no comunicado da PJ.

Segundo a Polícia Judiciária, o homem tem antecedentes criminais por crimes sexuais, tendo cumprido, por duas vezes, penas efetivas de prisão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG