Cónego Américo Aguiar nomeado bispo auxiliar de Lisboa

O cónego Américo Aguiar foi nomeado bispo auxiliar de Lisboa, com o título de Dagno, segundo nota de imprensa do Patriarcado de Lisboa.

A ordenação episcopal vai decorrer no dia 31 de março às 16:00, na Igreja da Santíssima Trindade, no Porto.

O lema episcopal escolhido pelo novo bispo português nomeado pelo papa Francisco, que se torna também no mais jovem membro do episcopado nacional, é 'In manus Tuas', numa menção ao lema episcopal de António Francisco dos Santos, antigo bispo do Porto, falecido em 2017.

Américo Aguiar, de 45 anos, era membro do presbitério da diocese do Porto e preside, desde 2016, ao Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia e, nos últimos oito anos, à Irmandade dos Clérigos, na cidade invicta.

O novo bispo, natural de Leça do Balio, em Matosinhos, ingressou no seminário em 1995 e foi ordenado presbítero, em 2001, pelo então Bispo do Porto, Armindo Lopes Coelho.

Américo Aguiar é licenciado em Teologia e mestre em Ciências da Comunicação, ambas pela Universidade Católica Portuguesa.

Entre 2004 e 2015, foi vigário geral e chefe do Gabinete de Informação da Diocese do Porto, tendo ainda sido chefe de gabinete dos bispos do Porto Armindo Lopes Coelho, Manuel Clemente e António Francisco dos Santos e capelão-mor da Misericórdia do Porto.

Em 2017, foi criado cónego do Cabido Portucalense.

Atualmente, o novo bispo auxiliar de Lisboa é também diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, organismo da Conferência Episcopal Portuguesa, e é um dos responsáveis pela organização da Jornada Mundial da Juventude que vai decorrer em Lisboa, em 2022.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG