Bairro do Aleixo vazio em maio e torres vão ser "desmontadas"

O presidente da Câmara do Porto revelou esta terça-feira que faltam realojar 11 famílias do bairro do Aleixo e que o conjunto habitacional "não terá ninguém na primeira semana de maio", sendo depois as três torres "desmontadas".

"Só falta realojar 11 famílias. O processo estará concluído no início de maio. Ao Fundo [Imobiliário, criado para demolir o bairro do Aleixo] solicitamos já que preparasse a demolição das torres, mas não faremos implosão. Vamos desmontar as torres, o que demorará seis meses, mas é melhor em termos financeiros e ambientais", revelou o independente Rui Moreira, na reunião pública camarária.

De acordo com Moreira, "na primeira semana de maio, o Aleixo não terá lá ninguém", pelo que o processo relativo à demolição pode avançar.

O bairro do Aleixo era constituído por cinco torres, das quais restam apenas três, depois de a torre 5 ter sido demolida em 2011 e a torre 4 em 2013, no último mandato de Rui Rio.

Exclusivos