Ana Gomes reage a detenção de "jovem hacker que denunciou corrupção"

A eurodeputada socialista colocou a pergunta: pirata informático ou denunciante de negócios sujos?

Ana Gomes escreveu esta quinta-feira à tarde um tweet onde partilha a notícia de que a polícia húngara publicou imagens da detenção de um cidadão português, de 30 anos, que alegadamente será Rui Pinto, pela autoria de crimes informáticos, nomeadamente o roubo dos e-mails do Benfica.

No tweet, a eurodeputada socialista dá conta que um "jovem hacker português que expôs a corrupção e outros negócios sujos do mundo do futebol (nomeadamente #Benfica) foi detido na Hungria e será extraditado para Portugal. É um cyberpirata ou um whistleblower [denunciante]?", questiona Ana Gomes.

O tweet já foi partilhado 70 vezes e conta com quase 50 reações, muitas delas críticas ao texto da eurodeputada.

A definição usada pela eurodeputada foi "whistleblower" (um denunciante no bom sentido) e um dos internautas respondeu ao tweet com o seguinte comentário:

A definição de "whistleblower" não é normalmente associada a extorsão. Estou surpreendido que uma diplomata experiente não entenda o conceito. Digo: vamos abraçar a transparência e também expor os e-mails do Porto & Sporting. E já que aqui estamos, porque não também o dos políticos? Concorda?", lê-se no tweet de alguém que assina Prof. Bananas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG