30 casos de Covid-19 em Portugal. O primeiro no Algarve

Uma adolescente de 16 anos infetada em Itália é o primeiro caso caso positivo registado no distrito de Faro.

O último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) eleva para 30 o número de pessoas infetadas em Portugal com o novo coronavírus. E, pela primeira vez, há um contaminado no Algarve

Verifica-se um aumento significativo de doentes mulheres, que mais que duplicaram em relação ao balanço deste sábado. E pela primeira vez, há duas pessoas no grupo etário entre os 70-79 anos, ambas do sexo feminino.

A região Centro tem, também, uma pessoa infetada. Os doentes estão internados no Porto, 22, e em Lisboa, oito.

A DGS acrescenta que 56 pessoas aguardam os resultados dos testes à presença do Covid-19 e 447 estão sob vigilância, isto porque estiveram em contacto com doentes.

Segundo o Sul Informação, o caso confirmado do Algarve é o de uma adolescente de 16 anos, aluna da Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes, em Portimão. O estabelecimento de ensino vai ficar encerrado, para limpeza e quarentena.

A jovem esteve com a família, os pais e duas irmãs, em Itália nas férias do Carnaval. Está internada num hospital em Lisboa, bem como a mãe, que aguarda os resultados das análise ao Covid-19. .

O jornal acrescenta que está a ser ponderado o fecho de outras escolas em Portimão, uma vez que a mãe da jovem é professora, enquanto que as irmãs frequentam outras escolas.

18 homens e 12 mulheres

Os 30 casos dividem-se por 18 homens e 12 mulheres, A presença do vírus no sexo masculino está espalhada por todas as idades entre 10 e 69 anos, com maior presença do grupo etário dos 40-49, Este escalão têm,também, mas doentes do sexo feminino, quatro. Não há situações no feminono entre os 50 e 59 anos e há duas contaminações entre os 70 e 79 anos. .

Este domingo, foi detetado mais um caso importado da Itália, aumentando para cinco as contaminações com origem neste. Há uma importação de Espanha.

Subiram para quatro as cadeias ativas de transmissão do vírus.

Os principais sintomas da doença têm sido tosse, febre, dores de cabeça e musculares e uma fraqueza generalizada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG