"Lisboa + Igualdade". Abriu um novo espaço de atendimento e prevenção de violência doméstica

O novo espaço municipal de atendimento e prevenção da violência doméstica "Lisboa + Igualdade" abriu nesta segunda-feira, com uma linha de atendimento telefónico gratuita que funcionará 16 horas por dia e serviço de atendimento presencial.

Segundo uma nota do gabinete do vereador da Câmara de Lisboa responsável pelo pelouro dos Direitos Sociais, Manuel Grilo (BE, partido que tem um acordo de governação da cidade com o PS), a linha de atendimento telefónico funcionará entre as 10:00 e as 00:00 e o atendimento presencial irá realizar-se das 10:00 às 18:00, com marcação prévia.

Na nota é salientado que a pandemia de covid-19 provocou "um agravamento da violência doméstica e de género", sendo esta nova estrutura uma resposta da autarquia para "reforçar o apoio e acompanhamento destas vítimas, através de atendimento telefónico e presencial".

A estrutura de atendimento é gerida pela Câmara Municipal de Lisboa, através do departamento dos Direitos Sociais, em colaboração com a Universidade Nova de Lisboa/Observatório Nacional de Violência e Género e com a coordenação técnica da FEM (Feministas em Movimento).

O projeto, é ainda referido no comunicado, conta com técnicos especializados, "com pessoas habilitadas e empenhadas neste combate" e com o acompanhamento do departamento dos Direitos Socais.

"A crise atual impunha este alargamento da resposta, porque nenhuma vítima de violência doméstica pode ficar para trás", lê-se na nota.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG