Greve geral na Bélgica. Todos os voos comerciais cancelados por razões de segurança

Incerteza criada por greve geral justificou decisão de suspender tráfego aéreo de e para a Bélgica.

Todos os voos comerciais foram suspensos esta quarta-feira na Bélgica devido a uma greve geral, dada a incerteza sobre a presença de funcionários em postos chave do controlo aéreo.

Por razões de segurança, dado que os funcionários não têm de informar previamente se aderem à greve e "dada a grande incerteza sobre a ocupação de alguns lugares chave", a autoridade da aviação civil belga - Skeyes - decidiu por isso cancelar todos os voos de e a para a Bélgica.

Com alguns aeroportos a optarem pelo encerramento, segundo a BBC, o impacto da decisão da Skeyes é visível em imagens do serviço digital FlightRadar24, que permite seguir os aviões em tempo real.

A greve geral - que não afeta os voos de Estado ou militares - foi convocada pelas três maiores federações sindicais belgas resultam da rejeição dos 0,8% de aumento salarial para os próximos dois anos.

Além de maiores aumentos salariais, as federações sindicais reclamam também melhores reformas e outros benefícios sociais.

A greve tem provocado fortes perturbações também ao nível dos transportes públicos rodoviários e ferroviários, já que apenas metade dos comboios deverão circular durante o dia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG