Uma semana depois, Trump deseja bom ano aos chineses

Presidente americano enviou ao chefe do Estado chinês votos atrasados de um bom Ano Novo Lunar, celebrado a 28 de janeiro

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, enviou uma carta ao seu homólogo chinês, Xi Jinping, a desejar felicidades para o Ano Novo Lunar, quase uma semana após o fim das celebrações na China.

Trump foi o único líder americano em anos recentes que não enviou felicitações no início do ano novo chinês, que este ano calhou a 28 de janeiro, gerando especulações na China se se tratou de um gesto intencional.

Um comunicado difundido na quarta-feira pela Casa Branca revela que Trump escreveu a Xi desejando umas boas férias ao povo chinês, que terminaram na quinta-feira passada, e expressando a sua vontade de trabalhar em conjunto para "desenvolver uma relação construtiva".

Após vencer as eleições e antes de tomar posse, Trump sugeriu por várias vezes que Washington poderá rever a política de "uma só China", vista por Pequim como uma garantia de que Taiwan é parte do seu território e não uma entidade política soberana.

O líder norte-americano acusa também Pequim de práticas comerciais desleais e de fazer pouca pressão para que a Coreia do Norte abandone o seu programa nuclear.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG