Trump dá ordem ao FBI para reabrir investigação a Kavanaugh

Presidente quer que a atualização do ficheiro do seu candidato ao Supremo dure menos de uma semana.

O presidente norte-americano, Donald Trump, deu ordens ao FBI para reabrir a investigação ao juiz Brett Kavanaugh, nomeado para o Supremo Tribunal dos EUA, após as acusações de abusos sexuais. A ordem foi dada depois de um dos senadores republicanos da Comissão Judicial do Senado dizer que o seu voto dependia de uma nova investigação, pondo em risco a confirmação.

Trump quer contudo que a investigação demore menos de uma semana. "Dei ordens ao FBI para que conduza investigação suplementar para atualizar o ficheiro do juiz Kavanaugh. Como o Senado solicitou, esta atualização deve ser limitada e ficar completa em menos de uma semana", disse Trump num comunicado.

O pedido foi feita após a decisão da Comissão Judicial do Senado de dar luz verde a Kavanaugh, mas pedir que a votação no plenário não acontecesse antes do final da próxima semana e de uma nova investigação do FBI.

Depois de o senador Jeff Flake ter proposto que a investigação fosse reaberta, outros senadores que estão indecisos apoiaram essa decisão.

Kavanaugh disse que vai cooperar, depois de a Comissão Judicial ter pedido a reabertura da investigação às acusações que lhe foram feitas, que remontam aos anos de juventude e que ele sempre negou. Mark Judge, um dos seus amigos, que segundo a alegada vítima terá assistido ao incidente de abuso sexual em 1982, disse estar disponível para cooperar com a investigação, segundo o advogado.

Exclusivos