Trump anuncia instalação de hospitais de campanha nos estados mais afetados

Presidente norte-americano accionou a Guarda Nacional para ajudar Nova Iorque, Washington e Califórnia. E diz que estes estados estão "muito derrotados."

O presidente dos EUA disse este domingo que ordenou a instalação urgente de hospitais de campanha, com uma capacidade para 4000 camas, nos estados de Nova Iorque, Washington e Califórnia, os mais afetados pelo novo coronavírus.

Deste total, 1000 camas ficarão em Nova Iorque, o estado mais atingido, 2000 na Califórnia, e 1000 em Washington.

Donald Trump disse também que colocou à disposição daqueles estados a Guarda Nacional para apoiar os esforços de combate à propagação do novo coronavírus.

"Eles estão muito derrotados", afirmou o líder norte-americano, durante a conferência de imprensa diária do grupo de trabalho sobre o novo coronavírus na Casa Branca, ao referir-se à situação destes estados.

O anúncio destas medidas acontece depois do 'mayor' de Nova Iorque, Bill de Blasio, ter criticado a gestão da pandemia da covid-19 pela administração de Trump, alertando que vão morrer "pessoas que poderiam ter vivido".

Mais de 100 pessoas morreram devido ao novo coronavírus nos EUA nas últimas 24 horas, elevando para 389 o número de óbitos, contra 278 à mesma hora de sábado, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Os estados de Nova Iorque (114 mortos), de Washington (94) e da Califórnia (28) são o centro da epidemia de covid-19, que já infetou cerca de 30 000 pessoas nos Estados Unidos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG